04 a 06 de novembro: Universidade da Madeira organiza “Jornadas técnicas da anona, maçã, batata-doce e do maracujá”

As Jornadas Técnicas da anona, maçã, batata-doce e do maracujá realizam-se nos dias 4, 5 e 6 de novembro, no Auditório da Reitoria da Universidade da Madeira, no Colégio dos Jesuítas.

Estas jornadas inserem-se no âmbito do projeto PRODERAM 873.10.0.2 – Conservação dos Recursos Genéticos Prioritários para a RAM, desenvolvido pela parceria entre o ISOPlexis – Centro de Agricultura Sustentável e Tecnologia Alimentar da Universidade da Madeira, a Direção Regional de Agricultura, AJAMPS – Associação de Jovens Agricultores da Madeira e Porto Santo e o APSRAM – Associação de Produtores de Sidra da Região Autónoma da Madeira, cujos principais objetivos passaram (i) pela realização de ações de prospeção, inventariação, colheita, caraterização, conservação documentação das variedades locais destas culturas, (ii) criação e manutenção de coleções in situ e ex situ das variedades inventariadas, e (iii) identificação de variedades com potencial para programas de melhoria ou para proteção com o registo no Catálogo Nacional de Variedades Vegetais.

O primeiro dia das jornadas, com início marcado para as 09h, será dedicado à apresentação e discussão de vários temas como “Património agrícola Regional: o portal para que haja Futuro”, pelo Diretor Regional da Agricultura, Eng. Paulo Santos; “O papel do ISOPlexis na Conservação dos Recursos Genéticos – Projeto PRODERAM 873.10.0.2”, pelo Prof.º Doutor Miguel Carvalho e Dr. Gregório Freitas; “A Anoneira na Madeira, Uma Cultura com História e Valor!”, pelo Eng. Joaquim Leça, “Produção sustentável de batata-doce. Boas práticas agrícolas”, pela Prof.ª Doutora Elvira Ferreira; “Cultura do maracujá na ilha de São Miguel”, pelo Eng. Manuel Moniz da Ponte; e “Importância da preservação dos recursos genéticos/ cultura/ gastronomia/ paisagem”, pelo Prof.º Doutor Raul Rodrigues. Durante o primeiro dia será também realizada a divulgação dos resultados alcançados no projeto PRODERAM 873.10.0.2 e discutir-se-á a importância destas culturas para a agricultura regional. Haverá ainda um espaço para a apresentação do livro “Enxertia de árvores de fruto”.

Nos dias seguintes, 05 e 06 de novembro, serão promovidas ações no campo, sobre técnicas de multiplicação e de manutenção destas culturas, nomeadamente “Importância da escolha de cultivares de batata-doce: do produtor ao consumidor”, “Enxertias de gomo dormente em macieiras”, “Sistemas de condução, pragas e doenças da cultura do maracujá” e “Amanhos culturais em verde na cultura da anona”.

As inscrições são gratuitas e decorrem até ao dia 03 de novembro de 2021, através da submissão do formulário disponível em http://www.uma.pt/isoplexis. A participação nas diferentes atividades está condicionada ao número de vagas disponíveis.

Esta informação é original de Universidade da Madeira.

Role para cima